Início » “Só Deus pode ajudar o homem”, diz Will Smith após se conectar com a fé

“Só Deus pode ajudar o homem”, diz Will Smith após se conectar com a fé

0 comentário

Depois de estrelar um verdadeiro escândalo na última cerimônia do Oscar, Will Smith voltou ao cinema para promover seu novo filme e também afirmar que esse papel o ajudou a se aproximar mais de Deus.
Emancipação é o novo filme de Smith, que apareceu em The Daily Show with Trevor Noah na segunda-feira passada para promovê-lo nos cinemas e sua transmissão na plataforma Apple+ para este fim de semana.

Seu papel no filme é Peter, que foi escravizado e se tornou história por mostrar uma foto de suas costas, na qual se viu todos os anos que sofreu maus-tratos físicos durante a Guerra Civil; ele escapou da escravidão para ir para a Louisiana e ser voluntário no Exército da União.

Os médicos que o avaliaram, puderam ver como suas costas estavam marcadas por chicotes quelóides, então as fotos dessa parte do corpo se tornaram história para 1863 na Harper’s Weekly.
Para o ator, um dos aspectos mais importantes do filme é que a fé é o ponto central dela, já que se mostra como o personagem pôde suportar qualquer coisa tendo a força do Senhor.
Este filme se concentra na fé. Peter parecia ter “o poder da fé para poder suportar qualquer coisa. Este personagem… o que ele teve que suportar e o que teve que sobreviver, só Deus poderia fazer um homem, quando você olha para essas marcas em suas costas, só Deus poderia torná-lo possível”, disse Smith a Noah.

Dentro dessa história, Will contou que se acredita que em um dos momentos em que Peter foi açoitado tão fortemente que caiu em coma, e dizem que foi quando ele conheceu Deus

“A diferença entre a fé e a revelação… caminhou no mundo com um conhecimento do divino, um conhecimento de Deus que é algo que ele queria desesperadamente entender e explorar”, disse ele.

A popularidade de Smith caiu quando no início de 2022 ele esbofeteou o comediante Chris Rock por zombar da condição de saúde de sua esposa por causa da alopecia, já que ela parece completamente careca, algo que Rock achou engraçado.

Essa situação afetou muito a saúde mental e o coração do ator, que ele chama de um dos melhores e piores dias de sua vida, já que horas após o incidente Smith ganhou o Oscar de Melhor Ator por King Richard.

e uma vez que ele pôde sair desse estado de saúde, ele “ele acreditou como nunca antes no Senhor”.

“Eu estava passando por algo naquela noite, não é que isso justifique meu comportamento de forma alguma. Só temos de ser gentis um com os outro, e nos homem é difícil lidar com isso disse.

Um dos detalhes mais marcantes desse incidente é a troca de palavras e um conselho valioso que Denzel Washington ofereceu a Will minutos após a piada de Rock, onde ele disse que o inimigo o atacaria no momento mais importante de sua vida», sugerindo que tais provocações malignas têm resultados nefastos.
É por isso que Smith confessou que o papel que desempenhou em King Richard o ajudou a se reconectar com a fé que sua avó incutiu quando criança enquanto assistiam à Igreja Batista Resurrection, na Filadélfia.

“Você não pode chegar onde eu chego se não amar o Senhor. Não se pode sentar como eu me sinto, mover-se como eu me movo, se não amar o Senhor. Você veria muitas outras repercussões”, disse ele na época.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais informações