Início » Fundador de Igreja Satânica se converte após ter visão de Jesus: “Ele me inundou com seu amor”

Fundador de Igreja Satânica se converte após ter visão de Jesus: “Ele me inundou com seu amor”

0 comentário

Riaan Swiegelaar, cofundador da Igreja Satânica da África do Sul, acreditava que sua recente transição para o cristianismo não atrairia muita atenção. Na verdade, ele imaginou que sairia “silenciosamente pela porta dos fundos” e que as pessoas não estariam interessadas no que ele estava fazendo.

Mal sabia Swiegelaar que seu vídeo no Facebook se tornaria viral e os meios de comunicação contariam a história de sua transformação milagrosa das trevas para a luz, da adoração de Satanás para adoração à Jesus.

Swiegelaar diz que até alguns meses atrás, ele nunca havia recebido amor incondicional em sua vida. Foi então que ele deu uma entrevista na estação de rádio CapeTalk – para promover a Igreja Satânica Sul-Africana – e deixou o entrevistador saber em termos inequívocos que ele não acreditava na existência de Jesus Cristo.

Após a entrevista, Swiegelaar diz que a entrevistadora, a quem ele simplesmente chama de Amy, veio até ele e lhe deu um grande abraço.

Uma semana depois, descobriu no WhatsApp que o entrevistador é cristão.

“Depois daquela entrevista, ela me abraçou de uma maneira que eu nunca fui amado. Foi tudo o que ela fez; ela não disse nada”, disse Swiegelaar. “Eu nunca tive ninguém, muito menos um cristão, fazendo isso. Eu nunca tive esse tipo de experiência. Eu nunca soube que um cristão poderia mostrar tanto amor e me aceitar incondicionalmente.”

O que aconteceu em seguida, diz Swiegelaar, foi surpreendente.

Logo depois, Riann teve uma experiência sobrenatural com o próprio Jesus, enquanto se preparava para realizar um ritual satânico.

“Tive uma reunião com os membros do conselho depois de ter feito todas essas entrevistas e afirmamos que o satanismo está crescendo”, diz ele. “Eu tive que fazer um ritual sozinho para ver qual era o próximo passo. Como conseguir mais poder e influência?

“Eu me abri, e Jesus apareceu. Eu era extremamente arrogante disse: ‘Tanto faz’. Eu disse: ‘Se você é Jesus, prove.’ Ele me inundou com o mais lindo amor e energia, e eu reconheci imediatamente por causa do que a senhora da estação de rádio fez por mim. Reconheci o amor de Cristo imediatamente.”

Além do entrevistador, Swiegelaar diz que só conhece outros três cristãos que lhe mostraram o amor de Cristo em sua vida. Ele diz que Adele e Donnie Frey, agora seus amigos em Cristo, também lhe mostraram amor quando ele era um “monstro feio”.

Adele Frey escreveu para ele: “Acabei de fazer uma coisa simples, e isso é para te mostrar amor”. Essa “coisa”, diz Frey, não era tão simples.

Swiegelaar respondeu a Adele: “Isso não é apenas uma coisa simples. Você me mostrou tudo; o amor de Cristo. Eu vi isso em você.”

Desde então, Swiegelaar diz que mais de 100 pessoas responderam a ele no WhatsApp e mais de 200 no Facebook com mensagens de encorajamento e amor. Ele sabe que muito provavelmente receberá feedback negativo para sua transformação de vida.

Como cristão recém covertido, Swiegelaar diz que não tem certeza do que virá a seguir, mas sabe que continuará aprendendo mais sobre Jesus e crescendo em Seu amor. 

Fonte: Filhos de Deus com Charisma News

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais informações